boobox

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Doença leva mãe a masturbar o próprio filho

O que poderia parecer apenas um ato moralmente condenável é na verdade a tentativa desesperada de uma mãe de realizar procedimentos terapêuticos em seu filho que sofre de uma doença rara conhecida como priapismo.
Allyson Ribeirinhos de 16 anos sofre a dois anos de uma doença pouco divulgada nos meios de comunicação. O priapismo é uma condição médica geralmente dolorosa e potencialmente danosa na qual o pênis ereto não retorna ao seu estado flácido, apesar da ausência de estimulação física e psicológica. A ereção dura em média 4 horas.
Heloisa Ribeirinhos, de 42 anos, é uma dona de casa na pacata cidade Serra do Navio, no interior do Amapá, volta e meia se vê na necessidade constrangedora de masturbar seu filho, para que o mesmo possa se livrar da ereção involuntária.
Segundo Heloisa, muitas vezes a masturbação não sana a doença, o que a obriga a procedimentos mais radicais. Ela diz que “as vezes além de ‘punhetar’, tenho também que chupar o ‘piru’ do menino. É triste de se ver aquele ‘troço’ inchado”. O caráter exótico dos procedimentos esconde uma triste realidade: As graves complicações desta doença.
As potenciais complicações do priapismo incluem isquemia, coagulação do sangue retido no pênis (trombose) e o dano aos vasos sanguíneos do pênis, que podem resultar em disfunção erétil ou impotência no futuro. Em casos mais graves, a isquemia pode resultar em gangrena, o que pode fazer com que a remoção do pênis seja necessária.
O pai de Allyson é radical. Em entrevista ele confessou seu constrangimento. “Eu não gosto nada disso. É vergonhoso pra mim, pra ela e pra ele. E se num dia ela não tiver em casa? Eu que vou ter que fazer isso nele? Acho que o mais certo era ‘capar’ ele”.

TPMulheres ENTREVISTA
A reportagem do TPMulheres entrevistou o Dr. Eriberto Quitanilha, que possui mestrado em disfunções do aparelho reprodutor masculino, para obter informações sobre a questão que mais afligiu os leitores do blog: “Por que o adolescente não se masturba sozinho nesta situação?”

TPMulheres: Doutor, o caso do Allyson chocou nossos leitores, especialmente pelo fato de sua mãe ter que ajudá-lo numa terapia tão intima. Casos como este são comuns?

Dr. Eriberto: Em primeiro lugar quero frisar que não conheço pessoalmente o caso. Todas minhas respostas aqui serão genéricas. Só o especialista que cuida do caso pode emitir um diagnóstico preciso. Este caso não é comum, pois se trata de uma doença rara. As terapias mais recentes evitam este constrangimento.

TPMulheres: Quais seriam as terapias mais recentes e menos constrangedoras?
Dr. Eriberto: A terapia mais comum atualmente é a injeção de adrenalina (epinefrina) no pênis do paciente.

TPMUlheres: Mas esta injeção é dolorida?
Dr. Quitanilha: O pênis é uma região de extrema sensibilidade, portando a dor é inevitável. Mas o risco do paciente é bem maior em casos de ereções prolongadas.

TPMulheres: No caso do Allyson a mãe o masturbava para cessar a ereção. Nossos leitores estão questionando porque ele não se masturbava sozinho?
Dr. Quitanilha: As crises de priapismo além de gerarem ereções prolongadas, também provocam cefaléia aguda (dor de cabeça) e perda parcial da coordenação motora. Talvez este fato o impeça de realizar o ato masturbatório de forma autônoma. Reitero que esta observação é genérica, uma vez que não sou o médico do referido paciente.

Fonte: http://tpmulheres.net/index.php/2011/02/16/doenca-leva-mae-a-masturbar-o-proprio-filho/

Wtf











Muitas confusões da sessão da tarde

Ê falta de imaginação

Tirinhas












Ronronar de gata na Inglaterra equivale ao som produzido por Boeing 737

Smokey, uma gata que vive em Pitsford (Inglaterra), é considerado detentor do ronrom mais potente do planeta. Normalmente, um gato ronrona a 25 decibéis. Mas o som produzido por Smokey chega a 80 decibéis!!!
Quando o ronrom é captado mais de perto, atinge 92 decibéis - potência que equivale à do som produzido por um Boeing 737 se aproximando da aterrissagem.
Os donos de Smokey, Ruth e Mark Adams, dizem que quando o animal resolve ronronar é impossível ouvir rádio ou assistir a TV em casa.
"Ela consegue até ronronar quando está comendo. Quando estou ao telefone, os amigos perguntam que som é aquele, e eles custam a acreditar que seja feito por um gato", disse Ruth ao "Mirror"
Fonte: http://oglobo.globo.com/blogs/moreira/posts/2011/02/22/ronrom-de-gata-na-inglaterra-equivale-ao-som-produzido-por-boeing-737-365015.asp

Polícia descobre 30 objetos que preso escondia no reto

A polícia da Flórida (EUA) encontrou 30 objetos que um preso escondia no reto, parte final do intestino. Entre os itens, segundo o jornal "Orlando Sentinel", Neil Lansing escondeu 17 comprimidos, uma camisinha, um cigarro, seis fósforos e uma seringa vazia.
Os itens foram descobertos depois que os agentes notaram, durante uma revista de rotina, um preservativo saliente no ânus de Lansing. Ao remover a camisinha, a polícia descobriu que o suspeito escondia vários objetos dentro dela.
De acordo com a polícia do condado de Sarasota, Lansing foi levado para a cadeia na sexta-feira depois que de ser condenado à prisão em um caso sobre drogas.
 fonte:http://g1.globo.com/planeta-bizarro/noticia/2011/02/policia-descobre-30-objetos-que-preso-escondia-no-reto.html

Gato que se parece com Voldemort consegue uma dona

Depois de ganhar destaque na imprensa britânica de que nenhuma família queria adotá-lo por ser parecido com "Lord Voldemort", vilão da saga "Harry Potter", um gato que estava em um centro de animais em Southampton, no Reino Unido, conseguiu um novo lar. O felino chamado "Charlie" foi adotado pela britânica Sarah Gaden, que vive em Worthing. Ela contou que se apaixonou pelo gato quando leu sua história, segundo o jornal inglês "Metro".
Taquipariu !!! Gatin estiloso eu queria um desse.
Fonte: http://g1.globo.com/planeta-bizarro/noticia/2011/02/mulher-se-emociona-e-adota-gato-parecido-com-vilao-de-harry-potter.html

Ótimo comercial de impressora

Tente adivinhar qual é o real e qual é a impressão

Como diria Silvio Santos : “bem bolado, bem bolado”

Perdeu Playboy

Camuflagem foda

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Wtf












Festival na Nova Zelândia terá milk shake de sêmen de cavalo


Milk shake de sêmen de cavalo será servido em festival na Nova Zelândia
Conhecidos por sua paixão pelos esportes de aventura, os neozelandeses agora estão chegando aos extremos da culinária: um festival gastronômico oferecerá a seus visitantes mais corajosos um milk-shake preparado à base de sêmen de cavalo.
A iguaria equina estará na cardápio do Festival de Comida Selvagem, realizado todos os anos na cidade de Hokitika, em South Island, junto com petiscos como escorpiões crus, besouros cobertos de chocolate e lagartas fritas
"A ideia é ter tanta energia quanto um garanhão, com duração de uma semana depois de tomar o milk-shake", brincou Lindsay Kerslake, criador de cavalos de corrida e inventor da mistura.
Segundo Kerslake, a bebida que será vendida no festival deste ano, que começa no dia 12 de março, terá gosto de milk-shake e efeito de bebida energética.
Mike Keenan, um dos organizadores do festival, disse esperar que muitos acabarão bebendo o milk-shake como um desafio - e que ele mesmo está se preparando para dar um gole.
"Ok, eu vou provar", garantiu.
Keenan explicou que o festival começou há 22 anos, como uma maneira de forçar os cidadãos de Hokitika a "saírem de sua zona de conforto" e terem ideias criativas.
"Ele achou que esses drinks de sêmen de cavalo com sabor seriam algo diferente", explicou Keenan, falando sobre Kerslake. "Ele está trabalhando em vários sabores, como baunilha, morango e chocolate".
Milk Shake de ovo equino

Uma questão de ponto de vista

Tirinhas