boobox

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Família enterra jovem viva por ter amizade com garotos

A jovem de 16 anos de idade que foi enterrada viva pelos próprios familiares em um horrendo assassinato porque supostamente ela manchou a honra da família ao fazer amizade com garotos da sua idade.

O buraco onde Medine Memi foi enterrada viva.

Agindo sobre informação confidencial, a polícia descobriu o cadáver de Medine Memi em posição sentada e com as mãos atadas, em um buraco de 1,80m de profundidade localizado dentro do galinheiro no pátio de sua casa.
O médico legista revelou que a jovem tinha uma quantidade considerável de terra em seu estômago e pulmões, o que significava que foi enterrada viva.
A garota foi descoberta 40 dias após ter desaparecido na cidade de Kahta, na província de Adiyaman, Turquia.
- "De acordo com as nossas investigações, a jovem -que não tinha nenhuma ferida no corpo, nem dava sinais de ter usado algum tipo de drogas ou veneno- estava viva e completamente consciente quando foi enterrada", disse um médico forense em condição de anonimato.
O pai e o avô de Medine foram presos e aguardam o julgamento pelo assassinato da adolescente.
Vizinhos comentaram que o pai não estava nada contente de que a jovem tivesse feito amizade com outros garotos.
Nos assassinatos por honra, os quais são prevalentes principalmente na comunidade curda da Turquia, um suposto "conselho de família" nomeia um membro para assassinar o familiar do sexo feminino usualmente por se envolver em relações extra-maritais.
Esta prática vem também sendo aplicada a muitas mulheres que são vítimas de violações, ou por simplesmente falarem com homens estranhos.

Fonte:http://www.mdig.com.br/index.php?itemid=10362

Nenhum comentário: