boobox

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Ovo do século

Ovo do século, igualmente conhecido como ovo preservado ou ovo centenário é um ingrediente chinês da culinária que é feito preservando ovos de pato, de galinha ou de codorna em uma mistura de argila, cinza, sal, cal e casca de arroz por diversas semanas a diversos meses, dependendo do método do processamento.

Depois que o processo é completado, a gema transforma-se uma substância verde com um forte odor de enxôfre e amônia, e a clara transforma-se em uma massa marrom escuro com um sabor característico.

O agente de transformação no ovo do século é seu material alcalino, que eleva gradualmente o seu pH ao redor de 9 a 12 ou mais. Este processo químico divide algumas das proteínas e das gorduras complexas produzindo uma variedade de compostos menores.

A origem do método para criar ovos do século veio provavelmente com a necessidade de preservar ovos em períodos de abundância revestindo os na argila alcalina, que é similar aos métodos da preservação do ovo em algumas culturas ocidentais. A argila endurece em sua volta conduzido-o à cura e à criação de ovos do século em vez dos ovos estragados.

A história da produção do ovo do século tem mais de 5 séculos. Sua descoberta ocorreu durante a dinastia Ming 600 anos atrás em Hunan (China), quando um agricultou encontrou ovos de pato enterrados no cal que usara para construir parte de sua casa 2 meses antes. Depois de provar a iguaria (eca!), decidiu produzir mais, desta vez acrescentando o sal para melhorar seu sabor.
Mesmo que o método tradicional seja ainda praticado, a compreensão moderna da química conduziu a muitas simplificações na receita do ovo. Por exemplo, mergulhar os ovos em salmoura, hidróxido de cálcio, e carbonato de sódio por 10 dias resulta o mesmo que deixá-lo diversas semanas no método tradicional.
Os ovos do século podem ser degustados sem nenhuma preparação adicional, mas existem dezenas de receitas com o seu uso, a mais popular delas consiste em passar o ovo na farinha de peixe e fritá-lo.
Fonte:http://www.mdig.com.br/index.php?itemid=9458

Um comentário:

Anônimo disse...

ovo podre, que nojo.