boobox

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

O homem que conseguiu voar no século XI

O jovem monge Eilmer de Malmesbury, que ao redor do ano 1010 ficou obcecado com a lenda grega de Dédalo e Ícaro e passou dias inteiros estudando o vôo dos pássaros até construir um complexo par de asas muito similar ao ultra-leve atual.
Depois de finalizar e construir seu invento, subiu na torre mais alta da abadia, amarrando seus pés e mãos a sua "máquina voadora" e depois esperou o primeiro vento forte a favor para pular no vazio. Mas, diferente de muitos outros "homens pássaro" ao longo da história, o desenho de Eilmer era tão bom que conseguiu planar por mais de 200 metros; só caindo, não por um defeito do aparelho, senão porque durante o vôo o monge se assustou e perdeu o controle.Sua aventura não saiu barato. Eilmer quebrou as duas pernas e teve que ficar sob os cuidados médicos durante várias semanas, sendo ao mesmo tempo diariamente repreendido pelo abade. Depois de recuperar-se o intrépido monge teve que usar uma bengala pelo resto de sua vida -que foi muito longa, de fato há registros que datam da passagem do cometa Haley em 1066 que mencionam o "velho monge Eilmer de Malmesbury"-. Conquanto nunca mais tenha subido a uma máquina voadora o monge continuou melhorando seu desenho original, sugerindo, corretamente, que devia adicionar uma asa traseira maior para melhorar a estabilidade e um sistema de ganchos para soltar as pernas rapidamente e assim aterrissar facilmente.
Fonte: mdig

Nenhum comentário: