boobox

sábado, 22 de agosto de 2009

Homem que tinha cheirado líquido para limpeza de teclados pega fogo ao tomar tiro de taser

Um dia depois que o policial Lanham de Ohio (EUA) ganhou um taser novinho, ele ainda teria que passar por treinamento adicional. Parece que prevenção de incêndios deveria estar no treinamento: o policial usou o taser em um cara que havia cheirado líquido de limpar teclados, e o cara pegou fogo.
Daniel Wood tinha acabado de levar um choque e pegou fogo, quando tudo o que ele queria era ficar doidão gastando pouco (e morder algum policial, se precisasse se defender). Segundo o artigo, não ficou claro se usaram um taser ou uma arma de eletrochoque no cara, mas o artigo explica isso:
Os fabricantes de armas de eletrochoque alertam que este tipo de incêndio é raro mas ainda assim é um risco, e a política de uso de tasers no departamento de polícia de Lancaster diz que eles não devem ser usados quando há presença explícita de materiais inflamáveis.
E parece que esta não é a primeira vez que um taser gera um incêndio. De acordo com o artigo, um cara na Austrália decidiu correr em direção à polícia depois de jogar gasolina em si mesmo: quando a polícia usou o taser nele, kapoosh! Fogo. Neste caso faz todo o sentido que o taser causaria um incêndio, mas o suspeito Daniel Wood só tinha cheirado um pouco de líquido para limpar teclados. Só isso já bastaria para começar uma combustão?
Fonte: gizmodo

Nenhum comentário: