boobox

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Alergias estranhas

Alergia a beijo
Esta alergia não significa que a pessoa tenha alguma sensibilidade à boca ou à língua de outra pessoa, e geralmente vem acompanhada de outra alergia a alimentos ou medicamentos. Geralmente o que acontece é que, ao beijar alguém, a pessoa entra em contato com possíveis resquícios de alguma comida ou medicamento ao qual é alérgico.
Em 2003, o estudante Jamiw Stewart teve um choque anafilático em um baile ao beijar a sua colega Liza Macfarquharn. Ele tinha alergia a nozes, e sua parceiro tinha acabado de comer exatamente isso!


Alergia a sol
Não é tão incomum as pessoas terem uma sensibilidade ao sol, mas um tipo específico, chamado de urticária solar, é extremamente raro e perigoso. A pessoa que tem a alergia fica com erupções na pele ao ser exposta a radiações ultravioleta, ou até mesmo à luz. Além disso, a alergia é tão forte que pode atingir a partes cobertas do corpo.


Alergia a comer maçãs embaixo de uma bétula
Várias pessoas têm alergias a uma comida específica, mas a garotinha Grace Morley tem uma alergia extremamente bizarra: ela não é alérgica a maçãs nem às árvores chamadas bétulas, mas se ela comer uma maçã embaixo de um pé desta árvore ou próxima a uma, ela entra em choque anafilático, e pode morrer em poucos minutos.


Alergia a exercícios
Pode até parecer uma desculpa esfarrapada, mas algumas pessoas realmente têm alergias a exerícios. Cerca de mil pessoas no mundo inteiro têm essa condição, e podem sofrer choques anáfilaticos se fizerem atividades físicas mais pesadas.
Geralmente a alergia é desencadeada quando a pessoa come algum tipo de alimento específico antes do exercício ou até quando toma algum medicamento que possa causar alergias. A alergia pode causar um edema de glote, levando a dificuldade de respirar, engasgos, náusea a vômito.


Alergia a madeira
O que você faria se desistisse do seu emprego estável e com um bom salário para trabalhar como carpinteiro e descobrisse que é alérgico a madeira? Pois foi isso que aconteceu com Dan Hill, que, por muita sorte, descobriu um tipo de madeira a que não era alérgico, e pôde continuar para seguir com seu sonho de trabalhar como carpinteiro com seu irmão.
As alergias à madeira variam de pessoas que têm alergia apenas a algumas árvores, mas algumas pessoas têm alergias a todo tipo de madeira, além de não poder tocar em papel ou até mesmo pegar em um lápis. As pessoas com esse tipo de alergia sofrem com problemas de pele semelhantes a queimaduras, além de tosse e espirros.


Alergia a sêmen
Pesquisadores descobriram que algumas mulheres são alérgicas ao sêmen do parceiro, condição chamada de alergia ao plasma seminal humano. Em casos raros, a resposta à alergia pode até levar à morte. Para resolver os problemas causados pela estranha alergia, a mulher tem que ter o apoio do parceiro: médicos aplicam amostras diluídas do sêmen do parceiro na vagina da mulher a cada vinte minutos, aumentando gradativamente a concentração de sêmen por várias horas. A melhor parte do curioso tratamento é o casal ter que fazer sexo de duas a três vezes por semana.


Outras alergias: http://hypescience.com/20381-as-10-alergias-mais-estranhas-do-mundo/

Nenhum comentário: