boobox

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Único sobrevivente: 11 casos incríveis

James Polehinke, salvo entre as ferragens (2006)
O avião no qual trabalhava James Polehinke se espatifou em agosto de 2006 com 51 passageiros a bordo. Morreram todos menos ele, que foi resgatado dentre a ferragem retorcida pelo pessoal do aeroporto de Blue Grass, em Kentucky (EUA). Polehinke ficou gravemente ferido, cortaram-lhe a perna esquerda e sofreu danos cerebrais. Devido ao impacto, não recorda nada do que aconteceu.


Erika Delgado, outra menina milagre (1995)
Em 13 de janeiro de 1995, um DC-9 com 52 pessoas a bordo caiu na localidade de Maria La Baja, Colômbia, quando se dirigia a Cartagena. Uma menina de dez anos chamada Erika Delgado foi a única sobrevivente. Um fazendeiro da zona resgatou-a do avião após ouvir seu choro. A menina estava consciente e só tinha quebrado um braço.


Martin Farkas, salvou-se por estar no banheiro (2006)
O tenente Martin Farkas salvou-se da morte porque estava no banheiro do avião. Segundo as investigações, este fato salvou-lhe a vida junto aos outros 42 colegas que viajavam no avião Antonov sinistrado na Hungria em janeiro de 2006. Sofreu contusão cerebral e danos nos pulmões. Mesmo assim teve forças para chamar a sua mulher pelo celular minutos após o acidente. Ainda aturdido, explicou que o avião tinha caído e que devia avisar os serviço de emergência.

Cecelia Cichan, encontrada junto a seus pais (1987)
Tinha 4 anos quando seu avião caiu no oeste de Detroit (EUA), em agosto de 1987. Dos 155 passageiros a bordo só ela sobreviveu. As equipes de resgate encontraram-na amarrada em seu assento a vários metros dos restos do avião, próxima dos corpos de sua mãe, seu pai e seu irmão de seis anos. Os investigadores não encontraram explicação. Após superar o trauma, formou-se em pscologia.

Vesna Vulovic, a aeromoça que caiu do céu (1972)
O caso desta aeromoça sérvia é rodeado de mistério. Vesna Vulovic ainda conserva o recorde Guinness da pessoa que sobreviveu a maior queda sem para-quedas, após sair com vida do acidente que precipitou o avião ao solo desde 10.000 metros de altura em janeiro de 1972. Morreram 27 pessoas. Um homem tirou Vesna com vida dentre os restos do aparelho, e apesar das terríveis feridas, conseguiu sobreviver e hoje é uma espécie de heroína nacional na Sérvia. Recentemente foram publicadas algumas informações que asseguravam que o avião voava a baixa altura e foi derrubado pelo exército checo.

Phai Bun, um vietnamita com sorte (1997)
Em novembro de 1997, o vôo 815 da Vietnã Airlines caiu quando se aproximava do aeroporto de Phnom Penh, no Camboja. Dos 66 ocupantes, 65 morreram no ato. O único sobrevivente foi um garoto vietnamita chamado Phai Bun. Minutos após o acidente dezenas de pessoas chegaram até os restos do avião para roubar qualquer objeto de valor. Alguém encontrou o garoto.

Juliane Köpcke, um assento na selva (1971)
A história de Juliane Köpcke já rendeu dois filmes e recorda muito o argumento de "Lost". Em 24 de dezembro de 1971, o avião no qual viajava se desintegrou em pleno ar com 93 passageiros a bordo (morreram todos). Juliane, que tinha então 17 anos, foi arremessada junto a seu assento e caiu sobre as frondosas copas das árvores do Amazonas, que amorteceram a queda. Quando acordou, após várias horas inconsciente, estava no chão, sentada sobre sua poltrona e no meio da selva. Durante dias encontrou os restos do avião e dos passageiros mortos estendidos ao longo de muitos quilômetros. Após nove dias vagando pela selva foi encontrada por um camponês.

Neil James Campbell, caiu sobre o mar (1973)
O vôo 816 da PanAm caiu em julho de 1973 logo após decolar de Auckland, na Nova Zelanda. Poucos segundos após levantar voo o avião precipitou-se sobre o mar e morreram 78 de seus 79 ocupantes. Do único sobrevivente sabe-se que se chamava Neil James Campbell e que viajava na classe turística.

Francesca Lewis, salva pelas malas (2007)
O acidente de Francesca Lewis não foi em um grande avião comercial, senão em um Cessna que se espatifou contra um vulcão no Panamá no ano 2007. Os outros três ocupantes do aparelho morreram no acidente, mas Francesca conseguiu sobreviver ao impacto e a vários dias na selva graças a que as malas caíram sobre ela e a protegeram do frio.

Sergei Petrov, a sorte do copiloto (1997)
Em dezembro de 1997, um vôo charter procedente de Tajiquistão se espatifou contra as dunas do deserto nos Emirados Árabes. Morreram os 85 ocupantes e só se salvou o co-piloto, de 37 anos, graças a que a cabine foi a parte que menos danos sofreu. As investigações determinaram que ele se salvou porque seu assento foi o único que não se soltou com o impacto.


Garota de 14 anos que sobreviveu à queda do Airbus A310 (2009)
Baya foi encontrada perto do local onde o avião caiu, na costa de Comores, nadando em meio aos corpos das vítimas do acidente e destroços do avião.
A garota se recupera em um hospital de Moroni, em Cosmores. Médicos dizem que ela sofreu apenas cortes no rosto e teve uma clavícula quebrada, mas está fora de perigo.
O homem que resgatou Baya disse que a adolescente se agarrou a um pedaço do avião por várias horas até ser resgatada. Ela não usava um colete salva-vidas e quase não sabia nadar. O homem disse que ela estava muito fraca para segurar à bóia que foi jogada para a menina e que teve que se jogar na água para salvá-la.O restante dos 218 passageiros estavam todos mortos

Fonte: mdig

Nenhum comentário: