boobox

terça-feira, 21 de julho de 2009

Casal judeu ortodoxo move processo por causa de luzes sensoras de movimento

Nos sábados, a Dr. Dena Coleman e o seu marido Gordon alegam ficar presos em seu apartamento, graças às luzes com sensor de movimento instaladas pelo síndico para economizar energia elétrica. Sendo judeus ortodoxos, eles dizem que ligar a luz vai contra a lei do Sabá. Qual lei? A de Prometeu:
[O casal] alega não poder sair do seu apartamento no Sabá porque, quando o fazem, automaticamente ligam a luz do corredor, contrariando a proibição religiosa de ligar aparelhos eletrônicos entre o pôr do sol de sexta até o por do sol de sábado, já que isto constitui "criação de fogo". Eles dizem que seus direitos humanos estão sendo violados e estão processando a empresa que gerencia o seu apartamento -- os seus vizinhos -- por não acomodarem suas crenças religiosas.
Dos 35 moradores do condomínio, nem um único apoia o processo movido pelos Coleman, ou mesmo a sua sugestão de "conserto": forçar a diretoria a instalar um interruptor pessoal para bloquear o acendimento das luzes.
Pra piorar a situação, basta dizer que o apartamento em questão é apenas o flat de férias do casal.
O caso está agendado para daqui a alguns meses.

¬¬ Retardados !!!

Fonte: gizmodo

Nenhum comentário: