boobox

domingo, 3 de maio de 2009

Homem é flagrado fazendo sexo com cadáver de mulher de 92 anos

Um estudante nova-iorquino foi preso no domingo depois de ser descoberto praticando sexo com o cadáver de uma mulher de 92 anos no necrotério de um hospital de Nova Jersey, onde trabalhava como técnico de laboratório.
Anthony Merino de 24 anos, residente de Manhattan, encontrava-se trabalhando em seu turno no laboratório de Histologia quando solicitou a um dos vigilantes do Holy Name Hospital que lhe facilitasse acesso a uma área refrigerada próxima ao necrotério da instituição.
Minutos depois, o guarda regressou e presenciou o acusado violando um dos cadáveres, segundo relatou o promotor do condado de Bergen, John Molinelli. O guarda notificou à polícia de imediato.Merino foi preso e acusado de ato sexual com restos humanos, um delito de segundo grau que tem uma pena máxima de 10 anos em prisão e uma multa de 100 mil dólares.Merino, um jovem atraente e de aspecto nada ameaçante, que aparece ainda vestindo o uniforme azul do hospital na foto policial, deverá pagar uma fiança de 400 mil dólares para ser solto e deve submeter-se a uma avaliação psicológica.
O acusado trabalha em outro hospital em Summit, Nova Jersey, e cumpria turnos esporádicos como contratado no Holy Name desde Junho. Uma porta-voz do centro médico declarou que tinham realizado revisões de seu expediente antes de contratá-lo, mas não aparecia nada que pudesse indicar que Merino tivesse problemas de nenhum tipo. Também se negaram a revelar a identidade da vítima para proteger seus familiares.A imprensa descobriu um perfil no MySpace.com que parece pertencer ao acusado onde se destaca uma frase do poeta R.W. Emerson: "O que jaz ante nós e o que jaz depois de nós são pequenas coisas, comparado ao que jaz dentro de nós".
Fonte: mdig

3 comentários:

join disse...

pqp ......
alem de necrofilo pego uma veia ....

Lucas disse...

What The Fuuuuuck!!!!!!!!!!!

Manoel Leonam disse...

Pelo menos não é viado.