boobox

terça-feira, 5 de maio de 2009

A história de Rose Siggins

Inicialmente Rose tinha duas pequenas pernas deformes e sem sensibilidade que foram amputadas para que tivesse maior mobilidade. Isto lhe permitiu deslocar sobre suas mãos ou usando um patinete.
A grande paixão de Rose são os automóveis, caminhões e tratores e atualmente está reconstruindo um Mustang 1968 que planeja dirigir da mesma forma que já utilizou outros automóveis adaptados especialmente a suas necessidades.

Na escola, além das gozações dos amigos, Rose era obrigada a usar pernas artificiais, até que ela se rebelou e passou a usar apenas um patinete ou caminhar com suas mãos, o qual lhe parecia mais simples e prático.
Em 1997, Rose conheceu Dave Siggins, que trabalhava em uma loja de autopeças e depois de dois anos de namoro decidiram casar-se. Dave diz que têm uma vida sexual normal, com a única diferença de que as pernas não se interpõem em seu caminho.
Após alguns anos de casamento, Rose ficou grávida e apesar do conselho dos médicos, decidiu ter o bebê e, tempo depois, um segundo filho. No entanto, a vida colocou ainda mais provas no seu caminho: sua mãe faleceu de câncer, tem um irmão com problemas mentais e seu pai padece de Alzheimer. Rose, apesar de suas limitações, cuida deles além de atender os filhos.
E ainda tem tempo para passar na oficina mecânica que tem montada em sua casa, onde trabalha no que tem constituído sua paixão desde a infância: os carros.
Fonte: mdig

Um comentário:

join disse...

ja vi isso na record ......