boobox

segunda-feira, 25 de maio de 2009

As 10 mais bizarras ‘emergências’ registradas pela polícia

Quer fugir da polícia? Não ligue para a polícia!
Um homem estava sendo perseguido por policiais, quando teve a ideia desesperadora de ligar para o 911 e fazer uma denúncia falsa de roubo a mão armada a poucas quadras de distância de onde estava. O plano parecia que daria certo quando os oficiais pararam a perseguição para atender ao chamado. Mas, em seguida, outros agentes da área assumiram a perseguição até parar o carro do suspeito. Os policiais encontraram uma arma e deteram o rapaz por porte ilegal de arma de fogo. Mais tarde, descobriram que a falsa chamada para o 911 tinha partido do seu telefone celular


Foi barrado na boate? Não ligue para a polícia!
Um homem em Beaverton, Oregon, chamou os policiais através do 911 porque havia sido barrado em uma boate. Segundo os funcionários do local, Edgar Dieguez foi barrado porque estava muito bêbado. O atendente com muita paciência explicou ao rapaz que o estabelecimento tinha o direito de impedir a entrada de qualquer cliente e pediram que ele esperasse pela polícia do lado de fora. Quando os policiais chegaram ao local, descobriram que Dieguez carregava cocaína dentro de suas meias. Ele foi detido por posse de drogas.

Frio nos pés? Não ligue para a polícia!
Acredite, uma mulher ligou para a emergência chinesa depois que seu namorado recusou aquecer seus pés. O policial Deng Xiao, de Ningbo, disse que recebeu duas ligações consecutivas de uma mulher queixando-se do namorado. Curiosamente, o oficial deslocou-se até o local para resolver a questão. Ao chegar, o oficial encontrou o casal brigando e, acredite, convenceu o rapaz a esquentar os pés da namorada, sem antes aconselha-la a não deixar os pés expostos por muito tempo. Surreal, não?

Faltou camarão? Não ligue para a polícia!
Uma mulher ligou para o 911 queixando-se que no seu arroz não havia camarão suficiente. Segundo ela, o restaurante não havia colocado uma porção extra de camarão na sua refeição. Como os policiais só puderam ir até o local no dia seguinte, a mulher obviamente não estava mais. Segundo os funcionários, a mulher foi embora com o pedido e depois retornou para reclamar, mas eles afirmam que não havia nada de errado com a comida.

Não sabe fazer sua tarefa de matemática? Não ligue para a polícia!
O pequeno Johnny, de apenas 4 anos, decidiu chamar o 911 - acredite - para solucionar um problema de matemática. Surpreendentemente o atendente realmente tentou ajudá-lo.

Seu marido adora vídeo pornô? Não ligue para a polícia!
Com voz chorosa, uma dona de casa alemã afirmou que tinha uma emergência em sua casa. Ao chegarem, os oficiais encontraram o marido sentado na frente da TV vendo um vídeo pornográfico. Ao ser questionada sobre a emergência, a mulher admitiu que nada fazia seu marido parar de ver filmes pornôs, por esse motivo chamou a polícia. Muito educadamente, os policiais disseram que não poderiam fazer nada e orientaram que procurasse um terapeuta para ajudar.

Não tem McNuggets? Não ligue para a polícia!
Foi o que Latreasa Goodman, 27, fez ao descobrir que no McDonald´s onde estava não tinha McNuggets. Goodman também reclamou que a caixa não queria lhe devolver o dinheiro. Quando a polícia chegou ao local, Goodman disse: “Esta é uma emergência. Se eu soubesse que não tnha McNuggets, não teria dado o meu dinheiro. Agora ela quer me dar um McDouble, mas eu não quero”. Nem precisa dizer que ela também foi presa por abusar do serviço de emergência, né?

Está solitário? Não ligue para a polícia!
John Triplette, um desempregado de 45 anos foi acusado de usar indevidamente o 911. A polícia disse que ele é um homem solitário e que usava o serviço centenas de vezes por dia em busca de companhia. Ele costumava fazer ruídos diversos e tentava disfarçar a voz. As ligações eram feitas a partir de um telefone celular, que foi rastreado pela polícia. Ele admitiu que fazia as ligações “porque as ligações eram gratuitas”. Como punição ele pode pagar uma multa de US$ 1 mil e/ou seis meses de prisão.

Ficou preso dentro do carro? Não ligue para a polícia!
Uma mulher na Flórida resolveu ligar para o 911 porque estava trancada dentro do seu carro. A mulher não identificada estacionou seu carro numa loja e, em desespero, resolveu ligar para a polícia: “Meu carro não pega. Estou trancada dentro dele. Nada elétrico funciona e está ficando muito quente aqui, não estou me sentindo bem”. Foi então que o atendente sugeriu que puxasse a maçaneta da porta. Adivinha o que aconteceu… a porta abriu.

Está apaixonada? Não ligue para a polícia!
Uma mulher em Aloha, Oregon, recebeu a visita de alguns policiais que haviam sido acionados para investigar barulhos na sua casa. Ao atender os oficiais, Lorna Jeanne Dudash explicou-se e acabou se encantando por um deles. Foi então que ela teve a “brilhante” ideia de também telefonar para o 911, simulando uma emergência, na esperança de rever o desejável policial. Ele retornou, mas ao constatar que se tratava de um “trote” resolveu prender a moça por mau uso do serviço de emergência.
Fonte: o buteco da net

Um comentário:

join disse...

porra ....
a do McNuggets foi de lasca ..