boobox

sexta-feira, 27 de março de 2009

Garoto de 11 anos pode pegar prisão perpétua nos EUA

Enquanto vários países pelo mundo discutem ou já aprovaram a diminuição da idade de imputabilidade penal, o judiciário do nosso país permanece com suas leis ultrapassadas que protegem os marginais menores de 18 anos. Nos EUA, em contrapartida, um garoto de 11 anos pode pegar prisão perpétua.
Um juiz do condado de Lawrence, Pennsylvania falou que o garoto, Jordan Brown, não será julgado como menor de idade, e inclusive que pode até ser condenado a prisão perpétua por ter matado à namorada grávida de seu pai.Advogados do menino disseram que apresentarão uma moção para enviar o caso a uma corte juvenil, depois de obter mais evidências forenses.No início do mês passado, o menor disparou na nuca de Kenzie Houk, 26 anos, enquanto ela dormia.A vítima estava com uma gravidez de quase nove meses e tinha mais duas filhas, de sete e de quatro anos, que viviam com ela e seu namorado Chris Brown, pai de Jordan.O menino confirmou que cobriu a escopeta com um cobertor e disparou antes de fugir para alcançar o ônibus escolar.Os familiares disseram que o garoto estava com ciúmes de Houk e suas filhas.
Fonte: mdig

3 comentários:

join disse...

fdp .....
vai vira prostituta na cadeia .....
é bom ....
assim ele aprende a não mata os outros ...

Nirtake disse...

AHsudhasudhas sabe oque é isso né? São os jogos violente =P

Anônimo disse...

isso foi a má criaçao de uma criança...e que sem duvida nao era acompanhada por esse pai...se o pai parasse para saber da opniao do filho sobre seu relacionamento nao teria desencadeado esse odeo mortal.