boobox

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Enxertos temporarios

O procedimento do enxerto temporário foi criado para casos em que o reimplante não é possível de imediato, e o enxerto é a melhor forma de preservar a parte do corpo enquanto isto.

Um caso dramático na Espanha. Jovem teve o braço amputado num acidente de carro e antes de reimplantá-lo, os médicos tiveram que deixar o braço ligado a uma das pernas do rapaz por nove dias.
Uma intervenção realizada num centro de reabilitação em Valencia, na Espanha, fez com que o braço amputado fosse ligado a perna do rapaz acidentado.
O objetivo era garantir a irrigação sanguínea do braço. Israel Sarrió, de 25 anos, sofreu a amputação num acidente de carro no final de janeiro.
Os médicos decidiram implantar o braço de Israel em uma de suas pernas, já que o coto estava infectado e não poderia ter o braço implantado imediatamente.
Durante nove dias o braço se manteve irrigado pelo fluxo sanguíneo da perna. Depois, com o coto limpo, o homem foi submetido a uma cirurgia para reimplantar o braço.
Israel já havia passado por sete cirurgias e deve se submeter a mais algumas.
Os médicos confirmaram o sucesso da operação e acreditam que Israel não desenvolverá mais nenhuma infecção e terá todos os seus movimentos de volta.
Abaixo a foto do enxerto de um pênis , enquanto a cirurgia não é viável


Fonte: calcanhar de maracuja e terra

2 comentários:

Maria Luiza Braga disse...

caracaaaaaa q porra é essa!! como assim???? como isso é possível?? quero ler mais sobre isso.. da onde veio essa fonte?? valeu pelo post!!!!

Edson L. F. disse...

Olá maria luiza ,coloquei mais sobre o asunto , as fontes são o calcanhar de maracujá , e o site terra , que é muito confiável ok , valew