boobox

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Mais mortes estranhas


No banheiro.
Há muitos exemplos de mortes no banheiro, mas a de Elvis Presley (1935-1977) é a mais famosa. O rei do rock foi encontrado jogado no piso do banheiro de sua mansão de Graceland após ter vomitado quando estava sentado no vaso. Os médicos atribuíram sua morte a um ataque ao coração causado por seu sobrepeso e por seu vício a alguns remédios de uso controlado.


Por suicídio durante um tele-jornal ao vivo.
Christine Chubbuck foi a primeira e única apresentadora de noticiário a suicidar-se durante um programa ao vivo. Em 15 de julho de 1974, aos oito minutos de programa, a deprimida repórter disse:
- "Para manter a política do canal 40 de trazer-lhes o último em matéria de sangue e violência, ao vivo e a cores, aqui têm outra primícia: uma tentativa de suicídio". - E a seguir, Chubbuck sacou um revólver e disparou contra a própria cabeça.


Numa entrevista.
Jerome Irving Rodale foi um pioneiro da alimentação natural, um temporão propulsor da agricultura sustentável e das fazendas orgânicas. Após assegurar que poderia viver até os 100 anos, a não ser que fosse atropelado por um carro, Rodale morreu por causa de um ataque do coração enquanto era entrevistado no Dick Cavett Show em 1971. Parecia dormindo, e Cavett caçoou:
- "Estamos lhe aborrecendo Sr. Rodale?" - Antes de descobrir que seu convidado de 72 anos estava efetivamente morto. O programa nunca foi ao ar.


Por lixo.
Homer e Langley Collyer eram arquivistas compulsivos. Os dois irmãos tinham medo de desfazer-se de qualquer coisa, e colecionaram obsessivamente diários e outros lixos em sua casa. Inclusive prepararam armadilhas nos corredores e portas para proteger-se dos intrusos. Em 1947, um telefonema anônimo denunciou que tinha uma pessoa morta na casa dos irmãos, e após enfrentar grande dificuldades para entrar, a polícia encontrou o corpo de Homer Collyer. Duas semanas mais tarde, após a retirada de cerca de 100 toneladas de lixo, finalmente encontraram o corpo de Langley Collyer parcialmente decomposto, a alguns poucos metros além de onde tinham encontrado seu irmão. Aparentemente, Langley estava tentando levar comida para Homer engatinhando sobre os túneis entre pilhas de diários quando disparou uma de suas armadilhas. Dias depois, Homer morreu de fome.


Pelo cachecol.
A mãe da dança moderna, Isadora Duncan, morreu por causa de um cachecol que ela adorava usar. O obituário no New York Times em 15 de setembro de 1927: "O automóvel estava à toda velocidade quando o cachecol de seda enganchou-se na roda e arrastou com terrível força à senhorita Duncan, atirando a com violência contra a rua. Foi arrastada durante vários metros até que o condutor se deteve, por causa dos gritos que vinham da rua. Reclamou-se ajuda médica, mas ficou provado que havia sido estrangulada e morreu instantaneamente".
Fonte: mdig

Um comentário:

Nirtake disse...

eses topicos de mortes e curiosidades antigas são os melhores duashduashdasud