boobox

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Astronauta com mais tempo de caminhada na lua diz que a nasa já teve contato com ets


Edgar Mitchell, 77 anos, foi um astronauta que participou na missão da Apolo 14. Dele é o recorde do maior passeio lunar, com 17 minutos sobre a superfície de nosso satélite em sua missão de 1971. Mitchell assegura que uma fonte da NASA teve contato com extraterrestres reais, que supostamente são pequenos e com olhos e cabeça grandes.
Segundo Mitchell, "nossa tecnologia não chega nem à sola dos sapatos da que eles têm", e ademais assegura que "não são hostis, porque se fossem, já teríamos desaparecido da face da terra".
- "Os fatos foram ocultados por nossos governantes durante 60 anos, mas pouco a pouco vão filtrando informações"
, afirma Edgar.
E não fomos contatados uma vez só, senão várias, mas os governantes ocultaram a verdade todo este tempo. Este homem, que foi a sexta pessoa a por seus pés sobre a superfície lunar, defende a existência de civilizações extraterrestres e está seguro de que, inclusive durante sua época trabalhando na NASA, numerosos OVNIs chegaram à Terra.
Ele crê que o caso Roswell é totalmente verdadeiro, e que continuam pesquisando similares visitas de seres de outros planetas.
Edgar fez estas declarações numa entrevista de um programa de rádio, e deixou boquiaberto a seu entrevistador, Nick Margerrison, que disse que a princípio pensou que Edgar estava contando alguma piada, mas surpreendeu-se ao notar que a coisa era séria.
No entanto, na NASA desmentiram rapidamente estes comentários. Num comunicado, um porta-voz da agência diz que "A NASA não esta envolvida em nenhuma ocultação de vida extraterrestre neste planeta nem no universo. O doutor Mitchell é um grande americano, mas não compartilhamos suas opiniões neste sentido".
Ao saber da declaração da NASA, o senhor Edgar Mitchell disse entre sorrisos:
- "Ufa, ainda bem que ainda me consideram um grande americano. Compartilhem ou não, o certo é que os ETs estão aí fora, só não enxerga quem não quer ver".
Esta declarações de Mitchell colocam ainda mais mistério sobre a questão da existência dos "verdinhos". Verdade ou senilidade?
Fonte: mdig

Nenhum comentário: