boobox

sábado, 15 de novembro de 2008

Freaks

Lionel - O menino com cara de leão

Eu sei que parece o Chewbacca de Star Wars, mas o fato é que Stephan Bibrowsky, nascido na Polônia em 1890 de pais normais sofria de hipertricose. Uma doença genética rara que cobre todo o corpo humano de pêlos. Só 50 casos da doença genética foram documentados desde a idade média. No caso de Stephan, ele foi descoberto por um alemão quando tinha quatro anos e ficou famoso, viajando pela Europa onde ganhou o apelido de “Homem com cara de leão”. Longe de ser apresentado como uma besta selvagem, o menino usava as melhores roupas disponíveis na época, para mostrar que apesar da aparência selvagem que os pêlos lhe conferiam, ali estava um ser humano inteligente e culto, que falava 5 idiomas.

Wang - O homem unicornio

Em 1930, um fazendeiro Chinês da Manchuria foi descoberto por um banqueiro Russo expatriado. O Russo então tirou uma foto do Chinês e enviou para Ripley, do “Acredite se quiser”. Conhecido apenas como Wang, algumas vezes referido também como Weng, o fazendeiro era normal em todos os aspectos,exceto pelo fato de que possuía um belo dum chifre enorme na cabeça. Ripley se dispôs a pagar uma nota preta para quem pudesse levar Weng em seu programa, mas avesso à fama, Wang sumiu do olhar do publico em 1930 e nunca mais se soube dele. Baseado nas fotos obtidas na épooca, Ripley mandou fazer uma réplica de cera, que eu vi pessoalmente numa viagem aos EUA. Realmente é bem bizarro o troço.

Joseph Merrick - O homem elefante

Joseph Merrick é o nome do mais famoso freak de todos os tempos. Como praticamente todos os exemplares de “freaks” do circo de Barnum, Joseph era uma pessoa portadora de doença rara. Nascido em 1862, Joseph Merrick desenvolveu uma doença física que provocava um crescimento anormal em seus ossos. A doença começou aos cinco anos de idade e em 1884, considerado por muitas pessoas uma monstruosidade grotescam Joseph resolveu se juntar ao circo de Barnum em busca de uma grana. Lá ele era bem tratado e a grana que ganhava era algo inacreditável para alguém com uma aparência tão grotesca. Um médico que visitou o circo viu o estado deplorável da doença de Joseph e fez acordos para tentar dar uma vida melhor ao rapaz. Merrik não podia dormir deitado por conta de sua doença. Ele dormia em uma cadeira. Durante muito tempo, acreditou-se que o “Homem elefante”, como Joseph era anunciado seria produto de uma elefantíase (filariose) grave. Posetriormente, descobriu-se que a doença dele era síndrome de proteus. Merrik morreu com 27 anos, vítima de sufocamento acidental enquanto dormia. (Ao que parece, ele tentou dormir deitado)

Juan Baptista dos Santos - O homem com 2 pênis e 3 pernas

Juan Baptista dos Santos seria um cigano nascido em Faro, Portugal, no ano de 1843. Sua carreira como exibicionista sempre esteve estritamente associado aos círculos médicos. Em 1865 aceitou a soma de 200.000 francos para aparecer por dois anos em um circo francês. Juan tinha além de dois pênis totalmente funcionais, três escrotos, cada um com um testículo. Como podemos ver na foto, ele ainda tinha uma terceira perna nas costas!

Myrtle Corbin - A mulher de quatro pernas

Josephine Myrtle Corbin nasceu em Lincoln County, Tennessee no ano de 1868. Ela nasceu como dipygus, o que significa que tinha duas pelvis separadas lado a lado no fim da coluna. As pernas extras eram parte de uma irmã gêmea siamesa que não separou-se corretamente. Josephine conseguia ficar de pé só com as perninhas do centro, mas elas não eram fortes o suficiente para aguentar o seu peso por muito tempo. Posteriormente ela casou-se e teve quatro filhas e um filho.Todos com apenas duas pernas.

Ella Harper - A mulher camelo

Da moça chamada Ella Harper não se sabe muito. A maior parte das fontes indicam que Ella nasceu em Hendersonville, Tennessee no ano de 1873. Embora exista controvérsia sobre as datas, todas as fontes são unânimes com relação a uma má formação ortopédica que causou uma condição curiosa a Ella. Suas pernas dobravam-se para frente como as de uma ave.Esta condição física de Ella é raríssima e muito pouco conhecida. Seu nome é congenital genu recurvatum – também conhecida como “deformidade do joelho para trás”. Ela preferia andar de quatro e por isso ganhou o bizarro apelido de “mulher camelo”.Em 1886, Ella virou estrela do W. H. Harris’s Nickel Plate Circus, aparecendo acompanhada de um camelo de verdade.

Prince Randian - O homem lagarta


Esta inacreditável figura sem braços nem pernas era chamado de Prince Randian. Ele nasceu em 1871 em Demerara, Guiana Britânica, filho de pais escravos. Mesmo sendo um indiano que nasceu sem braços nem pernas, ele foi incrívelmente auto-suficiente.Randian foi trazido para os E.U.A. em 1889 e, ao mesmo tempo que ele realizava em muitos espetáculos exibições em museus de bizarrices. A maior parte de sua fama veio no circo de PT Barnum. Em frente à grande multidão, Barnum apresentava Randian e o pedia para mostrar ao povo perplexo com a figura minhoquesca, a facilidade que ele tinha de de barbear, pintar, escrever e até mesmo enrolar cigarros.
Randian teve muitos apelidos durante sua carreira. Em geral eles provinham da fantasia que ele usava: Uma peça de lã inteiriça que o fazia parecer ainda mais com uma lagarta. Seu principal modo de transporte era se contorcer no chão como uma minhoca faz para se locomover. Estes dois recursos visuais levaram ao seu apelido mais comum - “O Homem lagarta ‘- e ele passou a figurar em uma variedade de sideshows e museus bizarros.
Randian teve um papel no filme freaks de 1932. É dito que ele falava vários idiomas, incluindo hindi, Francês, Inglês e alemão. Randian era um homem brilhante e encantador com um grande senso de humor. Ambos os talentos o ajudaram a se casar. Randian ao que parece, não tinha ausência de todos os membros, já que sua mulher teve cinco filhos, hehehe. Ele morreu aos 63 anos de um ataque cardíaco na sequência de uma apresentação.

-Mme. Clofullia - A lady barbada


Madame Clofullia nasceu com o nome real de Josephine Boisdechene, na Suíça. Ela nasceu com bastante pelos e segundo contam, aos oito anos já tinha uma barbinha respeitável. Com 14 aos ela começiou a viajar pela europa, primeiro acompanhada de seu pai, depois de um agente e finalmente sozinha. Em Paris ela conheceu o pintor Fortune Clofullia e casou-se com ele. Ela ganhou uma fama extra quando cortou sua barba em uma imitação da barba de Napoleão III. Como agradecimento, Napoleão lhe deu um grande diamante.

Um comentário:

By: Ana Paula disse...

Adorei seu blog!!!muito mais muito interessante mesmo!!!parabéns!!!