boobox

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Doenças entranhas

SÓ CONSEGUE COMER TIC TAC

Natalie Cooper, de 17 anos, moradora de Kent, no sudeste da Inglaterra, sofre de uma doença misteriosa: ela vomita toda vez que ingere algum alimento sólido. A única coisa que pode ela pode comer, com segurança, é a bala Tic Tac. Inicialmente, os médicos acreditavam que a menina sofria de bulimia, mas logo abandonaram a idéia. Por razões ainda inexplicáveis, o Tic Tac é a única comida que não a deixa mal. Porém, Nathalie precisa ingerir outros tipos de nutrientes através de uma fórmula especial, via tubo. A adolescente descobriu que poderia tolerar as balas de 2 calorias quando experimentou em casa. “Elas realmente me dão um pouco de energia, mas eu como mais para passar a fome. É psicológico”. Nathalie não possui a mesma energia de outros jovens. Após trabalhar numa loja por um tempo, ela não agüentou a intensidade de um turno de 6 horas. Em breve, ela espera se consultar com novos especialistas para buscar uma cura, antes de iniciar a vida universitária.

DESMAIO AO DAR RISADA

Kay Underwood, 20 anos, tem cataplexia, ou seja, qualquer espécie de emoção forte que tenha pode fazê-la desmaiar, devido ao enfraquecimento repentino dos músculos. Excitação, raiva, medo, surpresa, e até vergonha podem provocar o desmaio. Sua condição anormal foi descoberta há cinco anos, quando chegou a perder a consciência por mais de 40 vezes em um único dia. Tal como muitos dos doentes de cataplexia, Kay sofre também de narcolepsia - adormece sem mais nem menos.

ALERGIA A TECNOLOGIA

Parece piada, mas Debbie Bird é absolutamente alérgica à tecnologia. Para ela, falar no telefone celular, cozinhar no forno de microondas ou dirigir um carro, são tarefas praticamente impossíveis. Tudo porque Bird possui uma sensibilidade ao campo eletromagnético criado pela maioria dos aparelhos eletrônicos. Como consequência, Debbie sofre com uma dolorosa alergia na pele e nas pálpebras, que acabam inchando e ficando 3 vezes maior do que o normal. Para diminuir o problema, ela criou uma espécie de zona livre da influência eletromagnética.

O HOMEM QUE NÃO ENGORDA

John Perry sofre de um distúrbio que muitos gostariam de sofrer, nem que fosse por um dia. O inglês de 59 anos pode consumir a quantidade de alimentos que quiser e não consegue engordar. O distúrbio, chamado lipodistrofia, faz com que o corpo queime rapidamente a gordura que absorve. Quando tinha cerca de 12 anos, Perry comentou que começou a emagrecer sem nenhum motivo aparente. Os médicos, sem ainda saber a causa, imaginaram que ele estivesse sofrendo com uma úlcera estomacal e o orientou para que tentasse comer, na tentativa de aumentar o peso, mas sem nenhum resultado. O problema de Perry é causado pela produção de insulina, que é seis vezes maior do que uma pessoa normal.
Fonte: o buteco da net

Nenhum comentário: