boobox

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Molusco estranho Panopea Abrupta

O nome deste marisco bivalvulado é Panopea Abrupta e ele é conhecido popularmente como Geoduck.
Nativa da costa do Pacífico, esta criatura costuma ficar enterrada na areia, com seu longo pescoço ou melhor dizendo, sifão projetando-se do buraco para fora. O pescoço do geoduck é sempre bem grande, e o maior já visto passava dos dois metros de comprimento.
Como este molusco vive enterrado em locais bem fundos na areia, as estrelas do mar que em geral são grandes devoradoras de moluscos que dão bobeira, não conseguem chegar até eles, o que significa que um geoduck vive muitos anos. Cientistas estimam que um molusco deste viva em torno de 160 anos ou mais.
Provavelmente, após a tartaruga que vive 200 anos, este é o animal terrestre com vida mais longa conhecida.
À medida em que os anos passam, o geoduck adquire anéis em sua concha , que podem ser usados para contabilizar a idade da criatura, do mesmo modo que se faz com os troncos de árvores.
Como já era de se esperar, na ásia eles comem este treco. Na verdade, o geoduck é considerado uma iguaria fina. Como pinto de jumento, cerebro de macaco, aranhas e baratas… Enfim, todas as nojeiras que se pode imaginar são consideradas iguarias por lá
Na Ásia um geoduck pode valer entre 200 e 300 dólares. Como já era de se esperar, eles comem este bicho porque suas formas fálicas dão uma idéia de “aumento da potência sexual”. A verdade é que todo bicho que parece um pinto se ferra na mão dos asiáticos broxas.
Seja como for, viver deste bicho pode ser uma forte possibilidade, já que uma única fêmea é capaz de colocar nada menos que 5 BILHÕES de ovos durante sua vida.
Dá uma bela grana… A primeira fazenda de geoducks foi criada em 1970. Embora pareça nojento, o mercado da venda e consumo deste bicho representa 80 milhões de dólares.
Abaixo um vídeo de como preparar o bicho

fonte: mundo gump

2 comentários:

Samara CNN disse...

HSuahsuashua


Ainda vou criar um desses aqui em casa

Samara CNN disse...

Aff.. em um aquario tá... nõa me leve a mal